Delicadezas de café

Como uma coffee lover, vivo procurando e salvando referências de café. Um dia desses o Pinterest me sugeriu essas gracinhas em forma de bijuteria.

Falando nisso, tenho uma pasta cheia de imagens sobre o tema café. Quem quiser me seguir é este o  link do board: https://br.pinterest.com/robertaluglio/coffee/

Eu adoro bijuterias, principalmente colares. Olhem só que delicadas as peças inspiradas em café:

 

colarescolares2brincos

 

Uma pena que nunca vi para comprar nada de cafezinho aqui no Brasil. Alguém já viu ou sabe onde vende? Me fala, please!

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Snapchat: robertaluglio

Continue Reading

Pokecoffee

Alguém aí ainda não foi impactado pela febre de Pokémon Go?

O jogo foi lançado há menos de uma semana e virou febre! Baixei logo que foi liberado para o Brasil e já achei genial. Amo quando desenvolvedores conseguem colocar em prática essas interações do mundo real com o mundo virtual. 🙂

Aliás, fica a dica para os pokegamers de São Paulo: a Avenida Paulista é uma surra de pokestops e ginásios! Passei por lá no final de semana e voltei cheia de itens. 😉

E por falar em interação de mundos, encontrei o trabalho de um designer que conseguiu unir Pokémon e café. Olhem só:

Print Print Print Print

 

Quem quiser conhecer melhor o projeto do designer Jacob Parr, chama-se “There’s a Capp for that!” – confesso que fiquei maluca com todas as outras referências que ele usou para criar as outras artes! Eu que amo cultura pop, amei tudo! 🙂

Quem aí está jogando Pokémon Go? O que acharam do jogo? Me contem!

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Snapchat: robertaluglio

Continue Reading

Café por aí: Por um Punhado de Dólares

Este final de semana fui conhecer um café todo cheio de personalidade que minha amiga Renata já havia me recomendado fazia um tempo, o Por um Punhado de Dólares.

Localizado na Praça Roosevelt, próximo ao Vale do Anhangabaú no centro velho de São Paulo, o café é aconhegante e os baristas sabem o que estão fazendo. Não tem garçom, comanda, é só pedir o café no balcão e levar para a mesa.

IMG_20160806_163945172-01-01

Existem várias opções no menu de cafés, desde os espressos tradicionais, macchiatos, cappuccinos, irish coffee, até grãos especiais feitos por métodos como french press e coador. Eu particularmente adoro café de coador e gosto do sabor mais suave das torras claras e médias.

Não sou super entendida de café (ainda!), mas vocês sabem que eu aprecio muito a iguaria. Nas minhas “andanças cafeinadas”, aprendi que o sabor intenso do café é devido ao grau da torra do grão (escura, média e clara). Além disso, também aprendi que o café espresso não é o que mais contém cafeína.

A concentração de cafeína no produto final se dá pelo tempo de passagem da água pelo pó – que é bem maior no café coado, que leva em média de 1 a 5 minutos. Um dos critérios para o café ser espresso é a passagem da água em menos de 30 segundos, como já expliquei nesse post, no dia em que fui convidada para um workshop com um barista. 😉

 

Primeiro pedi um Café 2, grão especial de Minas Gerais de torra clara/média, feito pelo método french press e um pedaço de bolo de cenoura com uma ganache de chocolate meio amargo di-vi-na! <3

IMG_20160806_164715099-01

IMG_20160806_164442788-01

Gostei muito do café! É suave, acidez bem baixa (também adoro!) e tem um aftertaste que me lembrou mel e amêndoas. Meu namorado pediu o bolo integral de maçã e também achamos tão maravilhoso quanto o de cenoura – o toque de gengibre da receita é o diferencial. 😉

 

O segundo pedido foi o Café 1, grão de torra escura que o PPD denomina de Fuckoffee, feito pelo método de coador. Esse café é um pouco mais intenso, de torra escura, com acidez bem baixa. Gostei muito também! <3

IMG-20160807-WA0000-02

 

Um outro detalhe que AMEI no PPD foi o fato de serem water friendly! Lá a água filtrada é à vontade, só chegar no balcão e pedir uma garrafa. Lindo isso, né? 😀

IMG_20160806_170220594-01

 

Achamos tudo maravilhoso, saboroso e só tenho uma observação negativa sobre o atendimento.

Depois que terminamos nossos cafés e bolos, fomos pagar, comentei com o rapaz do caixa que tenho um blog sobre café, que gostei muito do café deles, que pretendia escrever sobre o PPD e que gostaria de mandar o link para eles lerem – afinal de contas é o business deles, NÉ? -. O cara prontamente me respondeu: “não faz, não, deixa as pessoas virem por elas mesmas. Já tem muita gente fazendo isso. Nós também não respondemos a fanpage do Facebook, mas manda lá que uma hora alguém vê.”. Achei indelicado da parte do estabelecimento dar um feedback desses para o cliente, sabe? Só me dispus a escrever sobre eles (e positivamente, como vocês leram no post) e nem pedi nada em troca. Acredito muito na troca de gentilezas entre as pessoas. <3

Enfim, apesar do rapaz do caixa, eu ainda voltaria lá pela qualidade do produto e recomendo aos meus leitores adoradores de café que experimentem o café do PPD. 🙂

O café fica na Rua Nestor Pestana, 115 – Consolação. Fica aberto de segunda à sábado, das 10 às 22 horas. 😉

Se forem lá me contem depois o que acharam, tá?

Um beijo e um bom café! c[__]

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Snapchat: robertaluglio

Continue Reading