Café por aí: Por um Punhado de Dólares

Este final de semana fui conhecer um café todo cheio de personalidade que minha amiga Renata já havia me recomendado fazia um tempo, o Por um Punhado de Dólares.

Localizado na Praça Roosevelt, próximo ao Vale do Anhangabaú no centro velho de São Paulo, o café é aconhegante e os baristas sabem o que estão fazendo. Não tem garçom, comanda, é só pedir o café no balcão e levar para a mesa.

IMG_20160806_163945172-01-01

Existem várias opções no menu de cafés, desde os espressos tradicionais, macchiatos, cappuccinos, irish coffee, até grãos especiais feitos por métodos como french press e coador. Eu particularmente adoro café de coador e gosto do sabor mais suave das torras claras e médias.

Não sou super entendida de café (ainda!), mas vocês sabem que eu aprecio muito a iguaria. Nas minhas “andanças cafeinadas”, aprendi que o sabor intenso do café é devido ao grau da torra do grão (escura, média e clara). Além disso, também aprendi que o café espresso não é o que mais contém cafeína.

A concentração de cafeína no produto final se dá pelo tempo de passagem da água pelo pó – que é bem maior no café coado, que leva em média de 1 a 5 minutos. Um dos critérios para o café ser espresso é a passagem da água em menos de 30 segundos, como já expliquei nesse post, no dia em que fui convidada para um workshop com um barista. 😉

 

Primeiro pedi um Café 2, grão especial de Minas Gerais de torra clara/média, feito pelo método french press e um pedaço de bolo de cenoura com uma ganache de chocolate meio amargo di-vi-na! <3

IMG_20160806_164715099-01

IMG_20160806_164442788-01

Gostei muito do café! É suave, acidez bem baixa (também adoro!) e tem um aftertaste que me lembrou mel e amêndoas. Meu namorado pediu o bolo integral de maçã e também achamos tão maravilhoso quanto o de cenoura – o toque de gengibre da receita é o diferencial. 😉

 

O segundo pedido foi o Café 1, grão de torra escura que o PPD denomina de Fuckoffee, feito pelo método de coador. Esse café é um pouco mais intenso, de torra escura, com acidez bem baixa. Gostei muito também! <3

IMG-20160807-WA0000-02

 

Um outro detalhe que AMEI no PPD foi o fato de serem water friendly! Lá a água filtrada é à vontade, só chegar no balcão e pedir uma garrafa. Lindo isso, né? 😀

IMG_20160806_170220594-01

 

Achamos tudo maravilhoso, saboroso e só tenho uma observação negativa sobre o atendimento.

Depois que terminamos nossos cafés e bolos, fomos pagar, comentei com o rapaz do caixa que tenho um blog sobre café, que gostei muito do café deles, que pretendia escrever sobre o PPD e que gostaria de mandar o link para eles lerem – afinal de contas é o business deles, NÉ? -. O cara prontamente me respondeu: “não faz, não, deixa as pessoas virem por elas mesmas. Já tem muita gente fazendo isso. Nós também não respondemos a fanpage do Facebook, mas manda lá que uma hora alguém vê.”. Achei indelicado da parte do estabelecimento dar um feedback desses para o cliente, sabe? Só me dispus a escrever sobre eles (e positivamente, como vocês leram no post) e nem pedi nada em troca. Acredito muito na troca de gentilezas entre as pessoas. <3

Enfim, apesar do rapaz do caixa, eu ainda voltaria lá pela qualidade do produto e recomendo aos meus leitores adoradores de café que experimentem o café do PPD. 🙂

O café fica na Rua Nestor Pestana, 115 – Consolação. Fica aberto de segunda à sábado, das 10 às 22 horas. 😉

Se forem lá me contem depois o que acharam, tá?

Um beijo e um bom café! c[__]

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Snapchat: robertaluglio

Review: L’Entrecote de Paris

Este final de semana (19/06) fui ao L’Entrecote de Paris conhecer o prato mega hype das redes sociais e comemorar o dia dos namorados.

I know, I know… o dia dos namorados foi semana passada e a decisão mais sábia que tomamos foi de comemorar uma semana depois. Dia dos namorados é a data fatídica em que todos os restaurantes de São Paulo ficam entupidos, com as listas de reserva lotadas pelos prevenidos e filas de espera lotadas pelos desavisados.

Achamos um cupom promocional no Peixe Urbano, em que o almoço (ou jantar) saiu por R$99 e digo que valeu muito a pena.

A promoção nos dava a direito a dois pratos principais e uma sobremesa. O serviço do garçom e as bebidas foram à parte.

 

O LOCAL

Ambiente aconchegante, com luz na medida certa (odeio restaurante escuro!), música ambiente de baladinha francesa e atendimento impecável.

Sério, o garçom muito gentilmente explicou os 6 possíveis pontos da carne, nos explicou sobre o molho, a entrada, tudo. Além de ter sido muito atencioso e ter deixado nossos pratos e copos sempre cheios. <3

Foto 19-06-16 12 10 20

 

A ENTRADA

Eu, como entusiasta do mundo fitness, adoro e não nego uma salada. Uma saladinha bonita, colorida, bem feita, então… nem se fala!

A salada de entrada é simples: mix de folhas, tomate cereja, nozes e um molho de iogurte divino.

Foto 19-06-16 12 15 23

 

O PRATO PRINCIPAL

O ponto alto do restaurante é justamente o fato de ter um único prato no menu: um corte de carne bovina chamado Entrecôte, com molho de mostarda e fritas de acompanhamento.

Vamos à carne. Simplesmente uma das carnes mais macias que já comi na vida, servida no ponto exato que pedi (ao ponto).

O molho de mostarda foi um dos molhos mais incríveis que eu já comi na vida e eu queria uma piscina cheia dele para eu nadar! hahaha

O molho acompanha bem tanto a carne, como as fritas. E bom, falando nas fritas, batata frita é batata frita, né, minha gente? 😀 Ainda mais quando servidas à vontade! <3

entrecote

 

A SOBREMESA

Pelo nosso cupom de desconto tínhamos direito a uma sobremesa, podendo ser duas bolas de sorvete com calda ou pudim de leite condensado.

Quem me conhece sabe que eu sou uma ET e não gosto de sorvete, portanto já deu pra saber qual foi o nosso pedido, hehe.

Foto 19-06-16 13 13 08

Cara, que pudim delicioso! Bem cremosão com calda espessa. <3

 

Comida recomendadíssima, atendimento perfeito! Vale a investida de uns R$70-100 por pessoa para comer um bom prato. 🙂

Alguém aí já foi? Me contem o que acham!

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Snapchat: robertaluglio

 

Review: Questo Pasta

Semana passada fui ao Questo Pasta comemorar com o meu namorado comemorar nosso aniversário de namoro. <3

Escolhemos este restaurante italiano referência na região do ABC, localizado em Santo André, no Bairro Jardim.

O ambiente é uma fofura e super aconchegante. Vejam:

74e5-088a-f8e2-9462

c581-0c60-79e9-1324

Eu particularmente adoro esses utensílios de cozinha pendurados, acho que tem tudo a ver com a temática italiana e dão um ar super moderno para a decoração. 😀

O cardápio é bem interessante. Ele é dividido por seções, sendo: entradas (carpaccios e bruschettas <3), saladas, sopas, risotos, massas recheadas, massas ao molho e sobremesas. O local também conta com uma carta de vinhos bem bacana para quem aprecia e cardápio executivo na hora do almoço. 😉

Eu escolhi um rondeli de massa branca e verde, recheado com salmão e catupiry, ao molho rosè com champignons, tomate seco e parmesão gratinado.

AoygSVub5X1ZlQ7tkixF3sW5yityewy0SzaJXjaasQ-Z

Sério. Não tenho palavras para descrever o quanto esse prato estava bom, haha. A massa é incrível e o molho também.

Eu, essa entusiasta palpiteira que adora comer de tudo, acho que o X da questão da culinária italiana é a combinação perfeita de massa + molho, com uso de matérias primas de qualidade e temperos equilibrados. Com essa dupla de mãos dadas, meu amigo… não tem pra ninguém. 😀

O prato custou R$58 e com certeza a nota para este prato é 10,0.

Meu namorado escolheu um gnocchi de abóbora, com lascas de cordeiro marinado ao vinho tinto, bacon e ervas ao molho napolitano.

AsDOm4M6hFnX63Mr7UmpwOjP4a-yqJRShCLPwzOU8BL_

Vejam bem. Eu, essa entusiasta palpiteira que adora comer de tudo (hahaha!) também adorei esse gnocchi! O cordeiro temperado com vinho tinto dá um toque MUITO especial. O namorado aprovou e disse que repetiria o pedido numa próxima vez. 🙂

O gnocchi foi R$51 e a nossa nota também foi 10,0.

 

Sobre valores 

Esse restaurante, digamos, não é dos mais populares da região. O ambiente tem um quê de requinte e os pratos são finos.

Pelo produto entregue, eu achei os valores justos. Não senti que soou uma ofensa pagar R$50-60 em uma massa com a qualidade – e quantidade – entregues. Existe muito restaurante por aí cobrando caro por fama, ambiente, serviço diferenciado e no final das contas a comida nem é tão satisfatória assim.

Aproveitando a discussão, um exemplo de valor x produto injusto, na minha opinião, é o Si Señor. Acho o ambiente dahoríssimo, climão descontraído, meia luz, música mexicana, decoração tex mex etc e tal… mas a comida cara demais pela quantidade servida.

Com relação ao serviço, achamos ok. Não achamos o atendimento ultra carismático, o garçom simplesmente fez o dele e pronto. É satisfatório. 🙂

Super recomendado para quem procura um lugar bacana para comemorar datas especiais aqui na região do ABC. Eu voltaria lá até esgotar as opções do cardápio, rs.

Espero que tenham gostado! Deixem sugestões de restaurantes que vocês gostam nos comentários para eu saber também! 🙂

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook <3 Instagram <3 Twitter <3 Snapchat: robertaluglio

Receita: Ceviche!

Eu amo a culinária japonesa e não tenho problema com peixe cru, logo, eu também amo ceviche! 😀

ceviche_cmc

Ingredientes (porção para uma pessoa):

  • 1 filé de Saint Peter
  • 1/2 limão taiti
  • 1/2 tomate
  • 1/2 cebola roxa
  • 1/4 de pimentão amarelo
  • Coentro à gosto
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino à gosto

Preparo:

  1. Cortar o tomate, a cebola e o pimentão em tiras bem finas.
  2. Cortar o peixe em cubos.
  3. Temperar com sal, pimenta do reino e coentro à gosto – quem não gosta de coentro pode substituir por outra erva, como salsinha ou cebolinha. 😉
  4. Colocar todos os ingredientes em um bowl e deixar marinando por pelo menos 2 horas.

Receita mais fácil que essa não há!

Fica super saborosa, é magrinha (reparem que não vai gordura) e super agradável para o verão.

 

Se vocês fizerem, postem nas redes sociais e marquem com a hashtag #canecameiocheia para eu ver, curtir, babar de vontade e comentar! 😀

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook <3 Instagram <3 Twitter <3 Snapchat: robertaluglio

 

Review: Sanduicheria Petrópolis

Resolvi conhecer um lugar novo e comemorar meu aniversário deste ano com alguns amigos na Sanduicheria Petrópolis, em São Bernardo do Campo.

O local é super conhecido pelos hambúrgueres e pelas sobremesas grandonas. Pedimos tudo que tivemos direito: entrada, prato principal e sobremesa. Vamos lá!

Entrada: fritas com cheddar e bacon

Arquivo 18-02-16 15 20 40

Me recomendaram pedir essa porção de batatas porque era incrível. Sinceramente? Não achei tão incrível assim. O cheddar não era dahorão – tanto que nem derreteu -, as batatas eram daquelas congeladas em palito e num geral achei uma porção bem razoável.

Na minha opinião, no mundo ideal das porções, uma porção maravilinda seria de batatas rústicas, com casquinha bem crocante e com um queijo de ótima qualidade. Mas, pelo preço honesto dela (em torno de uns 20 e poucos reais, não me lembro exatamente, sorry!) e pela quantidade servida, acaba compensando pedi-la.

Nota: 7,0.

Prato principal: hambúrguer com chimichurri

Arquivo 18-02-16 15 21 06

Dizia o cardápio: “maionese da casa, 160 gramas de fraldinha, bacon, queijo gouda, molho chimichurri, cebola roxa e rúcula.”.

Pontos positivos: o pão é bom, o queijo é bom, a maionese caseira é uma delícia e ainda vem com um shot extra!

E claro, não podemos deixar de lado o preço amigo disso tudo: R$ 24,90. 😉

Os pontos negativos que eu apontaria neste hambúrguer seriam o ponto da carne, a quantidade excessiva de rúcula e o sabor muito forte da cebola roxa – aliás, uma dica velha de guerra para amenizar a ardência da cebola, é deixá-la de molho na água depois de picada. 😉

O ponto da carne estava passado demais e o garçom não nos perguntou como gostaríamos do hambúrguer. Para o meu gosto, um belo hambúrguer é sinônimo de carne suculenta.

Nota: 6,5. 

Sobremesas: escondidinho de Nutella com morangos e Brownie de chocolate com Diamante Negro & Laka

Arquivo 18-02-16 15 21 50

O brownie vem quentinho na chapa, com uma bola de sorvete de chocolate derretendo por cima e é de se comer com os olhos.

O ponto positivo é o tamanho dele, pois serviu facilmente 4 pessoas e as primeiras colheradas são sensação de vitória na vida.

O ponto negativo, para mim, foi o açúcar excessivo do conjunto: brownie doce, sorvete doce e ainda mais 2 tipos de chocolate por cima, para fechar a bomba de glicose.

Nota: 7,0.

A nossa sobremesa favorita, foi o escondidinho de Nutella com morangos.

Arquivo 18-02-16 15 21 24

Bem Paris 6 inspired, não? 😀

Bom, primeiro de tudo: Nutella. Sem mais. Hahah!

Dentro do potinho vem um brownie quente de Nutella, coberto por morangos, calda e um picolé de chocolate.

Achei que a acidez do morango deu o balanço perfeito de açúcar nessa sobremesa! Chocolate doce e morangos frescos, bingo! 🙂

Nota: 9,0. 

Portanto, a nota final:

  • Entrada: 7,0
  • Hambúrguer: 6,5
  • Sobremesa 1: 7,0
  • Sobremesa 2: 9,0

Total: 7,37.

Das opções que temos no ABC, a Sanduicheria Petrópolis é uma das mais honestas. A comida é boa (não excelente), o atendimento é bom e os preços são bem justos pelo produto entregue. Eu voltaria lá, mas não diria que é incrível. O que mais me conquistou foram os preços amigos.

O local fica na Rua Imperatriz Leopoldina, 345, Nova Petrópolis – SBCampo. O restaurante não possui site. 😉

Espero que tenham gostado, seus faceburguers! <3

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook <3 Instagram <3 Twitter <3 Snapchat: robertaluglio

Receita: Hambúrguer Juicy Lucy com Chimichurri

Há uns dias atrás quis testar uma receita de hambúrguer, o Juicy Lucy, aquele maravilhoso recheado com queijo. Eu fiz o primeiro teste, o sabor ficou muito bom, porém meu hambúrguer não ficou com as bordas totalmente fechadas.

Hoje, depois de testar a receita pela segunda vez, venho aqui mostrar o upgrade dela, com técnicas melhores e com a adição de um molho argentino delicioso que eu amo: o CHIMICHURRI. <3

O chimichurri foi criado no século XIX, nos Pampas da Argentina e harmoniza perfeitamente com carne, frango, peixe e até com massas e saladas. Eu uso em praticamente tudo, rs.

O chimichurri que usei na receita foi o Chimichurri Los Pampas (fanpage). O molho é totalmente artesanal, feito com azeite (sim! todo líquido que contém nele é azeite de verdade), cebola, alho, salsa fresca, orégano, manjericão, pimenta calabresa e outras especiarias.

chimi

Vamos à receita do Juicy Lucy com Chimichurri (quantidade para 2 hambúrgueres):

  • 300 gramas de patinho moído
  • 100 gramas de acém moído
  • 1 colher de sopa de Chimichurri Los Pampas (compre aqui)
  • 1 colher de sobremesa de cebola desidratada
  • 2 pães de hambúrguer
  • Manteiga
  • Queijo mussarela
  • Alface
  • Tomate
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino à gosto

Modo de preparo:

  1. Misturar os dois tipos de carne, o patinho e o acém. É necessário ter duas carnes? SIM! O blend bacana do hambúrguer se dá com a mistura de uma carne magra com outra carne mais gorda. 😉
  2. Temperar a carne com o Chimichurri e a cebola desidratada. IMPORTANTE! Não adicionar sal neste momento para que a carne não solte água. A razão da cebola desidratada é a mesma, para que não solte água e o ponto da carne desande na hora de grelhar, o que aconteceria com a cebola natural.

hamburguer_temperos

 

3. Separar as porções de hambúrguer (aqui nesta receita fiz uma quantidade para duas pessoas, ou seja, para dois hambúrgueres de 200 gramas cada) e bater a carne, jogando de uma mão para a outra, com força, rs. Esse processo é importante para que se dê a liga necessária e o hambúrguer não despedace na frigideira.

hamburguer_GIF

 

4. Separar novamente a porção de carne pela metade (parte de cima e parte de baixo)  e rechear com fatias de queijo. Fechar o hambúrguer. IMPORTANTE: nessa hora é necessário bater a carne novamente (igual ao “faça este movimento” :D), com cuidado para o hambúrguer não abrir, para que as bordas se fechem por inteiro.

hamburguer_queijo

hamburguer_fechar

 

5. Grelhar o hambúrguer (usei frigideira antiaderente e um fio de azeite) e colocar sal à gosto – AGORA é a hora! 😀

hamburguer_grelhado

 

6. Selar o pão de hambúrguer com um pouco de manteiga – assim os molhos e a carne não encharcam o pão. 😉

hamburguer_pao

 

7. Montar o hambúrguer da seguinte maneira: pão > hambúrguer  > tomate > alface > chimichurri para temperar a salada + sal > pão.

hamburger

 

hamburger2

 

Agora é só dar AQUELA primeira mordida no hambúrguer e sentir a mágica acontecer! <3

Espero que tenham gostado da receita do Juicy Lucy e que experimentem o Chimichurri Los Pampas, ele fez toda a diferença!

Curtam a Fanpage do Chimichurri Los Pampas para saber mais novidades, receitas, inspirações e para adquirir o produto basta clicar aqui. Super recomendo!

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook <3 Instagram <3 Twitter <3 Snapchat: robertaluglio

*publipost 

Quitutes de café do Restaurante Venturim

Há alguns dias atrás eu fiz um post para vocês e mostrei cosméticos e uma massa feitos à base de café. 

O pessoal do Restaurante Venturim, responsáveis pela criação da massa de café, viu o post, entrou em contato comigo e muito gentilmente me enviou produtos feitos com café que são produzidos lá no restaurante, para que eu provasse e dissesse a vocês minhas impressões. Nem preciso dizer que gostei de tudo, né? 😀

cafes_venturim

 

Olhem só que graça os quitutes!

biscoitos_cafe

chocolate_cafe

Todos os produtos tem o sabor do café bem harmonizado nas preparações, até minha irmã que não é muito chegada em café provou e gostou muito dos quitutes!

Os cookies integrais, além de saudáveis, são uma delícia e crocantíssimos! As bolachinhas em formato de grão de café eu poderia ter um estoque infinito de tão gostosas. Essas duas opções são ótimas para um lanchinho da tarde. 🙂

O tuffato (biscoitos banhados com chocolate), as gotinhas e os palitos de chocolate, que não são APENAS palitos, mas são recheados com cocada dentro (tipo prestígio)… MELDELS! São divinos! Afinal, quem não curte um chocolatinho? hahahaha. Todos eles eu também teria facilmente um estoque infinito para comer depois do almoço de tão delícia que são! rs

E a grande carta na manga deles é a massa com café.

massa_cafe

Incrível a ideia de usar café em pratos salgados, não? Eu criei uma receita para utilizar essa massa e farei um post separado e detalhado porque ela merece um carinho especial, ok? hahaha

Em breve eu mostro aqui para vocês!

Caso queiram provar essas delicinhas, é só comparecer no local quem estiver por perto (Estrada para Vitória/ES – BR 262, Km 110, São João de Viçosa/ES) ou então entrar em contato com o Venturim pela página do Facebook deles.

Quero agradecer novamente ao pessoal do Venturim, especialmente a Ana, que foi super simpática e atenciosa ao enviar os produtinhos. Eu amei! <3

E vocês, amantes da cafeína, gostaram? 

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Facebook <3 Instagram <3 Twitter <3 Snapchat: robertaluglio

*este é um publipost.