Perfume Marina Smith Dia

Se tem uma blogueira que eu acompanho há tempos e adoro os tutoriais de maquiagem é a Marina Smith.

Desde que ela lançou a linha de maquiagem dela, achei demais a sacada dos produtos, a criatividade em criar itens diferentes do que já existe no mercado, a genialidade dos nomes e afins.

Semana passada vi um vídeo dela falando sobre a linha de perfumes lançada e comprei o meu pelo site da Sephora.

Desde que abri já gostei: embalagem simples e chique.


E a primeira pergunta que me fizeram: mas você comprou sem saber o cheiro? A resposta é SIM! hahaha

No vídeo a Marina fala das notas que compõem o perfume e eram bem do meu agrado, na linha olfativa do floral e frutal.

  • notas de saída: romã, maracujá doce, manga e abacaxi.
  • notas de coração: papaia, iris, lírio, goiaba branca e muguet.
  • notas de fundo: fresia, pêssego e musk branco. 
Com certeza virou um dos meus perfumes queridinhos do momento, estou usando todos os dias e adorando! Passo pela manhã e a tarde ainda sinto algumas notas na pele, ou seja, quesito fixação desse eau de parfum é ótima também!
O preço dele é R$69,00 no site da Sephora. 😉
Um beijo!
Facebook Comments
Continue Reading

Magro Chique: Marcus Bandeira



Hoje a coluna de inspirações fitness ganha uma inovação, a versão macho man! hahaha Acho interessante mostrar tanto mulheres, como homens que emagreceram, pois a dificuldade, a superação e a sensação de “dever cumprido” rola em todo e qualquer ser humano. O Marcus é meu amigo e o vi apenas três vezes. A primeira vez ele era gordinho, a segunda vez ele estava bem gordo e a terceira vez ele estava só a capa, como diz nossa amiga Malou, hahahaha. Mandei as perguntas da entrevista e ele topou participar. Olhem só as respostas dele:


1. Quanto você emagreceu e em quanto tempo? 
Emagreci 35 kg em 5 meses. Comecei minha luta no início de novembro de 2012 e atinge meu objetivo em meados de março de 2013. 

2. Como você se sentia quando estava acima do peso e qual foi o “start” para querer emagrecer? 
Quando eu estava acima do peso passei pelos constrangimentos e vergonhas comuns aos “gordos (inhos)”. Dificuldade em viajar de avião, poltronas muito apertadas, se locomover entre pessoas em lugares apertados como shows, boates ou entre mesas de bares, e claro, a cada ida às lojas para comprar camisas ou calças a numeração insistia em aumentar. O estopim para a reviravolta na minha vida se deu através das fotos. Sabia que estava acima do peso, mas me iludia em pensar que não estava tão gordo assim. Me olhava no espelho, encolhia a barriga e achava que dava até para enganar o peso. Mas quando me via em fotos percebi que realmente algo tinha que ser feito. A partir daí tudo mudou. 

3. Depois de ter emagrecido, quais foram os benefícios para a sua saúde e como você se sente esteticamente agora? 
Nunca tentei nada mirabolante. Sempre soube o “segredo” que de segredo não tem nada. Trata-se de exercícios físicos mais alimentação adequada. Simples não? Pois é, mas não é. A grande questão é a força de vontade, tem que vim de você. Não basta os outros dizerem que está gordo, passar por constrangimento, ser envergonhado publicamente por conta do peso, o ponto é que você tem que querer mudar. Tudo começa a partir daí.




4. Depois de ter emagrecido, quais foram os benefícios para a sua saúde e como você se sente esteticamente atualmente? 

Depois de ter extirpado alguns bons quilos do meu corpo, sei que minha saúde agradece a longo prazo. Porém, como sou novo, engordei muito em pouco tempo e os perdi também em pouco tempo, imagino que não tive tantos prejuízos à saúde, contudo, caso mantivesse a vida sedentária cumulada com uma péssima alimentação, inevitavelmente eles viriam. Depois de magro, a gente se sente mais confiante, mais bonito, o ego aumenta, o espelho se torna o nosso amigo e não um inimigo que querermos ver longe. No caso dos homens, poder andar sem camisa e não ficar incomodado com a barriga era ótimo. E era justamente esse o meu objetivo, poder ir à praia, clube, e outros lugares em que o traje de banho é comum e não sentir vergonha.

5. Você descobriu algum alimento ou receita durante a dieta que não gostava e que hoje em dia não abre mão? 
Minha alimentação era péssima, parecia o sonho de uma criança de 10 anos. Em média de 2l de coca cola por dia, muito doce, chocolate, frituras, massas e todas as outras coisas gostosas e que fazem mal. Com o início da minha reeducação alimentar, cortei o refrigerante (até hoje não bebo) e diminui para 1x por semana chocolate. Passei a comer carne magra e muitas folhas e verduras. Nunca fui dos maiores fãs de salada, mas hoje ela é basicamente meu almoço, juntamente com algum suco natural. Não abro mão dessa combinação de salada com muita alface, carne magra e suco natural. 

6. E com relação a atividade física, você também fez alguma descoberta que antes não gostava e que hoje em dia gosta muito e sente prazer em fazer? 
Sempre fui muito ativo. Praticava esportes durante todo o dia até o início na faculdade. Nesse período parei com os esportes e comecei com a musculação. Em meados para o final do curso, acabei saindo da academia. Foi aí que iniciou o contínuo ganho de peso. Quando resolvi acabar com essa gordura, além da alimentação e musculação, encontrei na corrida de rua um hobbie que se tornou essencial na minha batalha e que mantenho até hoje. Além de fazer bem a saúde, as provas de rua ajudam no sentimento competitivo que possuo, o que faz eu tentar sempre me superar.



7. Em algum momento da sua dieta + emagrecimento você teve momentos difíceis, em que o peso estagnou e você desanimou? Qual foi a solução para superar isso? 

Com certeza momentos difíceis apareceram. Há dias em que não estamos tão dispostos a praticar exercícios físicos ou exageramos no famoso dia do lixo (quando podemos comer besteiras – moderadamente – em alguma refeição ao longo de uma semana). Mas inevitavelmente o pior momento é quando paramos de perder peso, normalmente quando se está muito próximo de atingir o objetivo. Nesse momento a minha força de vontade superou essa estagnação na balança, mudei meu treino, intensifiquei a corrida e comecei a fazer uso de suplementos para me ajudar nessa batalha final, o famoso termogênico. Assim consegui alcançar minha meta e estou mantendo (o que realmente é o mais difícil) até hoje.



8. Existia alguma peça de roupa que antes você não conseguia usar, ou que não se sentia segura, e que hoje em dia usa e se sente bem? 
Bom, basicamente existiam 2 peças que realmente me incomodavam. As camisetas, camisas, blusas… todas as peças que demarcavam a barriga e mostravam o quão gordo estava me deixava muito desconfortável. Tinha mania de ficar puxando a camiseta para alargá-la e não mostrar o meu peso. A outra peça, evidentemente era a sunga. Mas depois que se perde todo aquele peso, não existe mais nenhuma peça de roupa que me desagrada ou me constrange por conta do peso.


eu e Marcus na nossa foto da vergonha: dois obesos e ele depois do Projeto #sóacapa, kkkkk


Bom, meninos… vocês tem a vantagem hormonal de emagrecerem mais rápido do que as mulheres e ganhar massa muscular mais fácil também. Com a história do Marcus, mais uma vez, fica provado aqui que nada é impossível, é só ter força de vontade e persistência na alimentação correta e treinos. 😉 


 Espero que tenham gostado do novo formato dos Magros Chiques aqui do blog! 

 Um beijo!
Facebook Comments
Continue Reading

Morning, people!

No post de hoje venho falar um pouco da refeição que eu mais gosto: o café da manhã! 
As fotos do Desafio #15diassemjacar aparecem todo dia no meu Instagram (para quem não me segue é @robertaluglio), várias pessoas comentam e curtem… estou adorando a receptividade de vocês! 🙂
Hoje venho dar algumas sugestões, falar um pouco do que costumo comer, do que mais gosto etc.

O que eu bebo?
Antes de começar a reeducação alimentar, eu tomava leite desnatado todos os dias com café solúvel e açúcar light pela manhã. Depois que obtive instruções sobre alimentação, resolvi substituir o leite e passei a tomar café preto comum, sem açúcar, já que o café é um ótimo acelerador de metabolismo, como eu já relatei aqui no blog em um post especial sobre café.

meus momentos “addicted to caffeine”, kkkk
Eu não tenho nenhuma intolerância a lactose e adoro leite e todos os seus derivados. Apenas tirei o leite e me senti melhor assim, mas ainda consumo derivados, como cream cheese light, queijos magros, iogurtes desnatados, polenguinho light e até mesmo um pouco de leite no mingau de aveia que eu como às vezes. 
mingau de aveia com canela <3

O que eu como?
O café da manhã é primeira refeição do dia, são os primeiros alimentos que você ingere depois de algumas horas em jejum. Sendo assim, é o momento em que eu me permito comer carboidratos, para me dar energia necessária para acordar de vez e executar minhas tarefas diárias.
Relacionada com a polêmica da lactose, há a polêmica do glúten. Não sou nenhuma nutricionista e especialista em alimentos, apenas consumo o que gosto e me faz bem e relato aqui minhas experiências. Eu também não tenho nenhum impeditivo em consumir glúten e não acho que ele seja tão vilão assim, o que é inimigo de quem faz dieta é o carboidrato que, obviamente, está atrelado ao glúten. Então, quando me dá vontade de comer pão, eu opto pelo integral sempre. 😉

Nessa onda de reeducação alimentar, eu descobri a tapioca. Gente, foi a descoberta do século! Além de DELICIOSA, é super versátil, vai bem em várias receitas, eu sinto que a digestão é mais agradável se comparada à digestão do pão, rola comê-la doce ou salgada, com várias opções de recheio, enfim! Sou verdadeira fã de tapioca, haha.

bombocado de tapioca que minha mãe fez para testar e ficou sensacional!

tapioca com cream cheese light. Adoro!


Muita gente já conhece e muita gente também não conhece a tal da CREPIOCA. É uma invenção fitness que ganhou o coração de muita gente e toda vez que posto sempre tem alguém que passa a conhecer e me pede a receita.

Aqui está:

  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa cheia de goma de tapioca
  • Sal à gosto
  • Colocar em frigideira antiaderente (não precisa de óleo), assar dos dois lados e voilá!

Dá para comer tanto no café da manhã recheada com algum tipo de queijo magro, geléia ou mel, como também no jantar (no caso da 2ª foto), recheada com algum outro acompanhamento, como frango, atum, seleta de legumes etc.
Ainda sobre o tema café da manhã e o Desafio #15diassemjacar, aparecem várias fotos legais na hashtag do Intagram. Selecionei algumas fotos que achei interessantes, como sugestões para vocês:

Mantenham-se firmes e fortes na alimentação saudável, pessoal! Só falta mais uma semana para o final do nosso desafio! 😉

Espero que tenham gostado desse post “alimentício”, hahaha.

Um beijo!

Facebook Comments
Continue Reading