Penso logo desisto

Eu ando incomodada com o mundo virtual. Estamos vivendo uma era caótica em que pessoas perderam a noção do real e do virtual. E mais, penso que os algoritmos perderam a noção do que fizeram/fazem com as nossas vidas, talvez não tenham noção do alcance doentio catastrófico que fizeram com a sociedade. É louco. Às vezes evito pensar nesse assunto porque desgraça a mente.

oversharing

Há uns 3 anos atrás rolou a moda fitness. Se você tinha conta no Instagram e não seguisse uma dieta low carb e praticasse o aeróbio em jejum diariamente, MELDELS, você estava fora da moda.

Daí teve a era foto de comida. Era um tal de taça lambuzada de Nutella, sorvete, palitinho crocante, farofa doce, que nojo, viu.

Sem contar a moda de look do dia que nunca morreu.

Agora o trendy é ter feed de viagem, pra mostrar pro mundo o quão desapegado e aventureiro e cheio de experiências você é. É fotinho do passaporte no aeroporto, fotinho na praia deserta com sorriso no rosto segurando o coco, fotinho com uma mochila nas costas no local turístico que todo mundo vai, blá. Estou dizendo tudo isso mas quero deixar claro que adoro viajar, ok? Me enquadro em todos esses rolês de turistão 100% e curto pra caramba.

Outra moda atual e que eu acho o máximo é a da decoração da casinha. Apartamentos que ganham identidade (e perfil próprio), plantas que são tratadas como gente, animais que ganham vida civil (e também conta com milhares de seguidores).

Penso e quase desisto: até que ponto as pessoas sentem prazer em se expor, sabe?

A real é que tô ficando velha e sem saco pra perfis e algoritmos. Ontem mesmo dei adeus pro Facebook.

likes

Facebook Comments